PAREDES NUAS

Um rico patrono das artes, homem de grande sucesso social e econômico é preso numa dessas ações desencadeadas de vez em quando pela Polícia Federal.

As acusações são as de sempre: gerência temerária, evasão fiscal, formação de quadrilha, etc,etc. Ao começar o filme esse homem já está preso.

Só aparece em uma grande fotografia pendurada na parede de uma das salas da sua mansão, já devidamente examinada, revistada e revirada pelos policiais.

Na casa sobraram dois serviçais de confiança: um motorista e uma camareira. Esse casal forma o núcleo em torno do qual outros personagens vão gravitar e permitir o desenvolvimento da ação. Esses outros personagens são, um advogado de confiança da família e a mulher do homemm de negócios,a dona da casa.